O Fundamentalismo (na forma em que surgiu na Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos)

Para o benefício dos meus alunos de História da Igreja III, com os quais vou discutir o Fundamentalismo amanhã, 21/5/2015, republico aqui no blog este artigo que publiquei, originalmente, também aqui, em 30/9/2014.

História da Igreja

Conteúdo:

  1. Caracterização
  2. Raízes
    1. O Escolasticismo (ou a Ortodoxia) Protestante
    2. A Teologia de Princeton
    3. O Liberalismo Teológico (Modernismo)
    4. A Teoria Darwiniana da Evolução
  3. Visão Básica e Principais Pressupostos
  4. As Doutrinas “Essenciais e Necessárias” da Confissão de Fé
  5. Intolerância e Separatismo
  6. O Desenlace
  7. O Rescaldo

———-

1. Caracterização

Houve época em que não havia Fundamentalismo, como veio a ser conhecido. O movimento identificado por esse nome tem basicamente as seguintes características:

  1. Embora tenha existido em outros países (até mesmo no Brasil), é um fenômeno tipicamente americano (que, aqui no Brasil, fez parte da herança protestante americana que assimilamos);
  2. Embora tenha existido em outras denominações, teve origem na Igreja Presbiteriana dos EUA (Igreja do Norte) e nela alcançou proporções mais radicais (com julgamentos de heresia, expurgos, cismas de grandes proporções);
  3. Do Século 19-20, tendo iniciado na segunda metade do Século 19 e alcançado seu ponto mais alto no período de 1910-1925 (embora tenha…

View original post 2,574 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s