Plano de Curso – História da Igreja II – 2015 – Segundo Semestre

FACULDADE DE TEOLOGIA DE SÃO PAULO
IGREJA PRESBITERIANA INDEPENDENTE DO BRASIL
Curso reconhecido pela Portaria SERES nº 307,
publicada no DOU de 31/12/2012
fatipi.edu.br
Disciplina:       História da Igreja II (Séculos 16–17) Área Disciplinar:         Teologia e História
Curso:               Teologia / 1º Ano Ano / Semestre:          2015 / 2º
Professor:       Eduardo Chaves Carga Horária:             40 h/a

Ementa: A disciplina tem como objetivo possibilitar a construção de uma consciência histórica por meio da análise dos processos de surgimento, consolidação, institucionalização e expansão das vertentes protestantes na primeira parte da Idade Moderna (séculos 16-17), relacionando-os, sempre que possível, às modificações estruturais que deram origem ao mundo contemporâneo, bem como à diversidade do pensamento teológico originado desses processos, e às suas reminiscências na mentalidade da Igreja Cristã Contemporânea.

Missão da FATIPI: Formar pessoas nos princípios da fé e da ética cristãs e capacitá-las para liderança transformadora inspirada no amor e na justiça do Reino de Deus.

Objetivos:

Ao final do semestre o aluno deverá ser capaz de:

  1. Identificar os principais fatores que possibilitaram o surgimento das várias vertentes da Reforma Protestante na época, no lugar e na forma em que se manifestaram
  2. Estudar os principais reformadores protestantes, reconhecer e articular suas principais ideias e traçar o impacto dessas ideias nos dias de hoje
  3. Reconhecer as ideias e as práticas da Igreja Católica Romana que surgiram nos processos de renovação conhecidos como “Contra-Reforma” e “Reforma Católica do Século 16”
  4. Analisar a evolução das ideias protestantes no século 17 conhecidas como Pietismo e Ortodoxia (ou Escolasticismo) Protestante
  5. Entender as raízes das denominações protestantes atuais cujas origens remontam aos séculos 16 e 17 e explicar no que concordam e no que diferem, e por que razões

Metodologia

A matéria constante do programa será desenvolvida por meio de:

  1. Exposições contextualizadoras pelo professor dos temas do programa;
  2. Discussões envolvendo os alunos dos textos indicados para cada aula, em um grande grupo ou em grupos menores;
  3. Elaboração de um trabalho escrito que represente um estudo aprofundado de um dos temas da disciplina, a ser escolhido de comum acordo entre cada aluno e o professor.

 Conteúdo Programático

I. Condicionantes internos do surgimento da Reforma na Europa do século 16

  1. O surgimento das universidades nos séculos 12 e 13
  2. A influência de Aristóteles e a chamada síntese medieval
  3. Conflitos entre o papado e lideranças políticas
  4. A condição espiritual e moral da Igreja Católica ao final da Idade Média
  5. Movimentos de reforma dentro da Igreja Católica antes do século 16

II. Condicionantes “externos” do surgimento da Reforma na Europa do século 16

  1. A crise do feudalismo
  2. O surgimento de uma filosofia política radical
  3. A ameaça do Islamismo
  4. A invenção da imprensa e o acesso à informação
  5. A redescoberta dos antigos e o Renascimento do século 15

III. A Reforma Protestante na Europa do século 16 em suas quatro principais vertentes

  1. A Reforma Luterana
  2. A Reforma Calvinista
  3. A Reforma Anglicana
  4. A Reforma Radical

IV. A Reforma Não-Anglicana nas Ilhas Britânicas

  1. A Influência Calvinista
  2. Os Puritanos
  3. Pactuantes (“Covenanters”)
  4. Dissidentes

 V. A Reforma nas Colônias Britânicas na América no Século 17

  1. Imigrantes das Ilhas Britânicas
  2. Imigrantes de Outras Partes da Europa

VI. A Reforma e a Contrarreforma da Igreja Católica

  1. O Concílio de Trento
  2. A criação da Sociedade de Jesus

VII. As Guerras de Religião e a Paz de Westfalia (1648)

VIII. O Escolasticismo no Calvinismo do século 17

IX. O Pietismo no Luteranismo do século 17

X. Conclusão: A transição para o século 18

Avaliação:

  1. Uma prova dissertativa obrigatória, no meio do semestre, sobre os temas discutidos em classe e os textos lidos até ali
  2. Elaboração de trabalho escrito sobre um tema do programa, escolhido pelo aluno de comum acordo com o professor
  3. Uma prova dissertativa optativa, no final do semestre, sobre os temas discutidos em classe e os textos lidos, para os alunos que desejarem essa oportunidade

 Média Final:

Será a média da nota recebida na(s) prova(s) realizada(s) e do trabalho escrito feito, média essa que que poderá ser aumentada em até 10% (dez por cento) com base na qualidade da participação do aluno nas discussões em sala de aula.

Bibliografia Básica:

BETTENSON, Henry. Documentos da Igreja Cristã. 3ª ed. São Paulo, ASTE, 1998.

DREHER, Martin N. A Igreja na Reforma. São Leopoldo, Sinodal, 1996. (Republicado como Parte III, “A Crise e a Renovação da Igreja no Período da Reforma”. DREHER, Martin N. História do Povo de Deus: Uma Leitura Latino-Americana. Sinodal. 2013).

McKIM, Donald K, editor. Grandes Temas da Tradição Reformada. São Paulo, Pendão Real, 1999.

TILLICH, Paul. História do Pensamento Cristão. 4ª ed. São Paulo, ASTE, 2007.

WALKER, Williston. História da Igreja Cristã. 3ª ed. São Paulo, ASTE, 2006.

Bibliografia Complementar:

BIÉLER, André. O Pensamento Econômico e Social de Calvino. São Paulo, Cultura Cristã, 2012.

GONZÁLEZ, Justo L. Uma História ilustrada do Cristianismo, v. 5: A Era dos Sonhos Frustrados. São Paulo, Vida Nova, 1978. [Republicado em GONZÁLEZ, Justo L. História Ilustrada do Cristianismo, em dois volumes, v.1: “A Era dos Mártires até a Era dos Sonhos Frustrados”. 2ª ed., revisada. São Paulo, Vida Nova, 2011].

____________ Uma História ilustrada do Cristianismo, v. 6: A Era dos Reformadores. São Paulo, Vida Nova, 1978. [Republicado em GONZÁLEZ, Justo L. História Ilustrada do Cristianismo, em dois volumes, v.2: “A Era dos Reformadores até a Era Inconclusa”. 2ª ed., revisada. São Paulo, Vida Nova, 2011].

____________ Uma História ilustrada do Cristianismo, v. 7: A Era dos Conquistadores. São Paulo, Vida Nova, 1978. [Republicado em GONZÁLEZ, Justo L. História Ilustrada do Cristianismo, em dois volumes, v.2: “A Era dos Reformadores até a Era Inconclusa”. 2ª ed., revisada. São Paulo, Vida Nova, 2011].

LEITH, John H. A Tradição Reformada: Uma Maneira de Ser a Comunidade Cristã. São Paulo, Pendão Real, 1996.

MARTINA, Giacomo. História da Igreja: De Lutero aos Nossos Dias, v. 1: “O Período da Reforma.” 5ª ed. São Paulo, Loyola, 2014.

McGRATH, Alister. A Revolução Protestante. Brasília, Palavra, 2012.

NOLL, Mark A. Momentos Decisivos na História do Cristianismo. São Paulo, Cultura Cristã, 2000.

São Paulo, 23 de Julho de 2015

Eduardo Chaves
eduardochaves@fatipi.edu.br
echaves@fatipi.net
http://historiadaigreja.info (Blog para os alunos do curso)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s